Pesquisar no site
Todas as palavras
Qualquer palavra
Pesquisar na NET



Obstipação


Segundo a Organização Mundial de Gastroenterologia, a obstipação é um sintoma e não, uma doença. Pode ser definida como a condição em que pacientes, que não utilizam laxantes, informam pelo menos dois dos seguintes sintomas no período de 12 semanas nos últimos doze meses:

- menos que 3 evacuações intestinais por semana;

- fezes duras em mais de 25% das evacuações intestinais com sensação incompleta em mais de 25% das evacuações;

- esforço excessivo em mais de 25% das evacuações;

- necessidade de ajuda com as mãos para evacuar.

As principais causas da obstipação são: extrínsecas (pouca quantidade de fibras na dieta e ignorar o estímulo da constipação); neurológica (doença de Parkinson, isquemia, esclerose múltipla, etc); estrutural (doença diverticular, isquemia do colorretal, prolapso retal, etc); sistêmica (diabetes, hipocalemia, hipercalcemia, hiper/hipoparatireoidismo, gravidez, etc.); medicamentos (analgésicos, anticolinérgicos, anticonvulsionantes, antihistamínicos, antihipertensivos, diuréticos, etc) e fisiopatologias incertas (síndrome do intestino irritável, lentidão no trânsito intestinal e deficiência orgânica pélvica).

Os grupos e fatores de risco mais associados à obstipação são crianças, gestantes, adultos maiores que 55 anos, cirurgia pélvica ou anal, mobilidade limitada, dieta inadequada, uso abusivo de laxantes, entre outros.

O tratamento da obstipação envolve mudança no estilo de vida e na dieta. Exercícios físicos podem ser benéficos na manutenção da regularidade das evacuações. De uma maneira geral, o paciente deve consumir cinco porções de frutas e hortaliças, aumentar gradualmente todas as fontes de fibras e aumentar a ingestão de líquidos. As fibras insolúveis (lignina, celulose, resíduos de hemicelulose) aceleram o trânsito intestinal e aumentam o volume fecal. As fibras solúveis retardam o esvaziamento gástrico e diminuem a absorção de glicose e colesterol. Uma dieta adequada fornece tanto fibras solúveis como insolúveis.

 

 

Referências bibliográficas:

 


Indian J Gastroenterol. 2004 Sep-Oct;23(5):168-70. Prevalence of gastrointestinal symptoms and signs in northwestern Tabriz, Iran. Khoshbaten M, Hekmatdoost A, Ghasemi H, Entezariasl M.

 

NASPGN guideline For Neonates and Children


Benninga MA, Voskuijl WP, Taminiau JA. Childhood constipation: is there new light in the tunnel?

J Pediatr Gastroenterol Nutr. 2004 Nov;39(5):448-64.

 

Bosshard W, Dreher R, Schnegg JF, Bula CJ. The treatment of chronic constipation in elderly people: an update. Drugs Aging. 2004;21(14):911-30




Para atender as necessidades nutricionais do indíviduo nesta condição a Nuteral disponibiliza os seguintes produtos:(*)

Total Nutrition Fiber
Neofiber


(*) Recomenda-se que você consulte o seu médico e ou nutricionista para obter os melhores resultados.

© 1998 - 2022 www.nuteral.com Todos os direitos reservados    Mapa do Site   Aspectos Legais    Política de Privacidade